Blog

Avaliação do Usuário: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

gratidao01

artigo original publicado em 6 de dezembro de 2011 em nosso blog antigo. Mas gratidão não sai de moda, então ele ainda é super atual. :-)

Tradução e adaptação Miguel Nisembaum

Esta é uma adaptação de um dos artigos mais comentados no New York Times do dia de ação de graças. Você pode ler o original clicando aqui.

Psicólogos vem estudando as consequencias de agradecer.

Cultivar uma atitude de gratidão foi relacionado com melhor saúde, boas noites de sono, maior satisfação a longo prazo com a vida, um comportamento mais gentil com os outros. Um novo estudo mostra que sentir gratidão faz com que as pessoas sejam menos agressivas quando provocadas.

Você não é do tipo que agradece com tanta freqüência? Algumas dicas de psicólogos que fizeram pesquisas sobre o tema.

Avaliação do Usuário: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

sitecarreiraliquida

por Hugo Nisembaum

Vivemos um momento em que o futuro de trabalho e o trabalho no futuro são amplamente abordados, com perspectivas de robotização, precarização ou eliminação de muitas funções e assim como a criação de novas.

Com isso surgem as recomendações sobre as competências do futuro, e quais teremos que incorporar para navegar com tranquilidade na nova realidade.

Esse movimento de definir as competências do futuro não é algo novo, e muitas delas são velhas conhecidas, mesmo que as formas tenham mudado a raiz é a mesma. O que muda é a quantidade de fontes de informação e a velocidade da mudança demanda ou percebida.

Me veio com clareza a ideia de modernidade liquida proposta por Zygmunt Bauman.

“Escolhi chamar de modernidade líquida a crescente convicção de que a mudança é a única coisa permanente e a incerteza, a única certeza.” 

A estas mudanças, cada vez mais disruptivas, que exigem adaptar-se em alta velocidade, se contrapõe a fragilidade de correr, escorregar e não ter tempo de refletir, de pensar.

Avaliação do Usuário: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

grand piano drawing blackboard music 1379 521

por Miguel Nisembaum

Será que as dicas de um dos maiores pianistas de Jazz para tocar em um Grupo se aplicam as equipes nas empresas. Na minha opinião COMPLETAMENTE!

Estes 16 tópicos desenvolvidos pelo Chick Corea se aplicam perfeitamente ao trabalho em equipe, e em tempos de Agile, nada mais horizontal e colaborativo que um grupo de jazz.

Avaliação do Usuário: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

19292 bglinkedin 01

por Miguel Nisembaum

É bastante óbvio que a colaboração é um elemento fundamental para construir equipes de alta performance.

Colaboração é o Santo Graal, o Elixir da Longa vida, a cereja do bolo de uma cultura organizacional saudável e resiliente.

Gosto muito desta definição do Hank Rubin - “Colaboração é uma relação intencional em que todas as partes estrategicamente escolhem cooperar a fim de alcançar um resultado partilhado".

O grande desafio está no fato que colaboração é algo que é construído coletivamente e que exige constância.

Avaliação do Usuário: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

artigoHugoDesenvolva

por Hugo Nisembaum

Só um terço das pessoas conseguem identificar os seus talentos (Hill,2001) e mais assustador ainda é que só 17% afirma usar seus talentos a maior parte do dia-a-dia. (Buckingham 2007).

Aqui é importante ressaltar que talentos não são dons especiais são capacidades naturais que TODOS temos e podemos aplicar de maneira produtiva.

Esta definição da Psicologia Positiva e Neurociência sobre Talentos é bastante ampla:

A capacidade de sentir, pensar e comportar-se, promovendo um ótimo funcionamento da pessoa com resultados de valor.

Quando aplicamos nossos talentos sentimos satisfação, não vemos o tempo passar e não vemos a hora de aplicá-los novamente.

Identificar nossas capacidades é fundamental tanto pessoalmente como para times e organizações.