Blog

Como a Psicologia Positiva e Mindfulness podem contribuir para a continuidade de empresas familiares.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

familypositivepsychology

Pequenos empreendimentos e muitas das grandes empresas têm algo em comum, sua origem familiar.

Através da história negócios e família estão intimamente conectados, o fato é, que a continuidade da empresa dependia dos esforços das gerações seguintes.

As empresas familiares representam 2/3 de todo negócio global (PWC – 2016 Family Business Survey), contribuindo com 70%-90% do PIB Global e com 50%-80% dos empregos na maioria dos países. (European Family Business, 2012).

De acordo com a Business Families Foundation até 85% das novas empresas começam com algum nível de suporte familiar.

Empresas familiares tem culturas e valores fortes, são mais empreendedoras, oferecem mais estabilidade de emprego e investem mais em iniciativas a longo prazo.

Mesmo sendo uma força importante na economia, só 12% das empresas familiares sobrevivem a terceira geração e somente 3% atravessam a barreira da quarta geração. (PWC – 2016 Family Business Survey)

De acordo com a mesma pesquisa 43% das empresas familiares não tem um plano de sucessão estabelecido.

Alguns motivos pelos quais as empresas familiares entram em colapso:

Motivos Internos:

  • Conflito entre membros da família.
  • Falta de interesse das gerações seguintes de atuar no negócio.
  • Resistência das gerações anteriores de atualizar-se com as mudanças de Mercado.
  • Decisões equivocadas ao diversificar ou expandir o negócio.
  • Comportamento permissivo e valores distorcidos.
  • Famílias que superprotegem seus membros, permitindo que corrupção e outras condutas inadequadas se estabeleçam.

Motivos Externos:

  • A velocidade nos avanços tecnológicos, reduzindo o ciclo de vida dos produtos e serviços.
  • As estruturas familiares hoje são mais complexas.
  • Mudanças Globais – Degradação ambiental, desigualdade econômica, volatilidade geopolítica. O mundo VUCA (Volátil, Incerto, Complexo e Ambíguo) em que vivemos.

Uma abordagem diferente na continuidade dos negócios da família:

Quando empresas familiares decidem implementar planos de continuidade, o foco normalmente está em revisar processos de governança, estratégia e estruturas.

Consultorias e escritórios de advocacia são contratados para definir estratégias, planos de sucessão, contratos e políticas de governança corporativa.

A expectativa de vida das Fortune 500 baixou de 75 para 15 anos, grande parte do esforço das famílias está em manter a entidade do negócio.

As famílias começam seus negócios com paixão, confiança e otimismo e estes são ativos que os escritórios de advocacia, e consultorias de governança não abordam em seus trabalhos de sucessão.

O que sugerimos é incluir a preparação da nova geração para serem agentes de mudança. A herança vai muito além do negócio ou do patrimônio físico.

Os negócios vêm e vão, o esforço deveria ser em construir una família empreendedora.

Para responder a esse desafio as metodologias baseadas na Psicologia Positiva e em Mindfulness podem contribuir para que as famílias cresçam e prosperem de modo sustentável.

  • 7 eixos onde estas metodologias podem ser aplicadas:
  • 1- Construindo uma cultura positiva:
  • Atitudes otimistas e perspectivas de um futuro melhor são típicas de um clima de trabalho positivo e ajudam a reduzir o stress, ansiedade e desconfiança.
  • Estimular momentos de emoções positivas em integrantes da família e os principais líderes da empresa é essencial para gerar um bom clima e contribuir para o nascimento ou reafirmação de uma cultura positiva.

2- Pontos Fortes e a compatibilidade com o trabalho:

  • Que os integrantes da família e principais líderes tenham maior consciência de seus pontos fortes, de suas emoções e pensamentos.
  • Tenham consciência dos outros e apreciação pelo que cada um tem de melhor.
  • Entendam a complementaridade que pode existir entre eles.
  • Que os critérios de promoção ou sucessão sejam guiados pela adequação do candidato aos desafios que por conveniências familiares.

3- Comunicação Positiva:

  • Comunicação Positiva ocorre em organizações onde uma linguagem de tom mais afirmativo e de apoio ocorre com mais frequência que uma linguagem negativa ou crítica.
  • Quando a razão entre frases positivas supera as negativas, organizações e equipes performam melhor.
  • Um melhor equilíbrio na comunicação é algo que pode ser desenvolvido e tem um impacto importante especialmente em um ambiente tão carregado de paixão como o de uma empresa familiar.

4-  Melhorar os processos de tomada de decisão:

  • Nosso cérebro é uma máquina incrível, mas tem falhas cognitivas. O grande volume de informação, a pressão, e as preferencias em nossa maneira de pensar podem influenciar negativamente nossas decisões.
  • Mindfulness pode ser uma ferramenta interessante para acalmar a mente e explorar de modo mais livre sem paixão ou juízo de valor as opções existentes no momento de decidir. O que se busca é uma resposta adequada e não uma reação.

5- Governança continua sendo importante:

  • Definir políticas, processos e estruturas que ordenem a empresa e evitem manifestações de corrupção ou práticas inadequadas, e que gerem condições para uma profissionalização segue com a mesma importância.
  • Além de gerar controles onde é necessário, é importante que as políticas considerem também a dinâmica da família, e o bem-estar dos membros e colaboradores.

6- Prevenção de Conflitos:

  • Uma dose saudável de desacordo é saudável em qualquer negócio. Equipes de alta performance tem um ambiente onde os indivíduos se sentem à vontade para pensar abertamente e de maneira criativa.
  • O conflito é algo muitas vezes inevitável, cultivar a apreciação pelos outros, a civilidade e o diálogo são caminhos que podem ajudar a evitar, reduzir ou amenizar o conflito.

7- Planejamento das novas gerações.

Alguns pontos que são importantes considerar:

  • A formação dos herdeiros.

Uma educação que promova valores de respeito aos outros e ao trabalho, que de condições para que descubram seu potencial e invistam nele seja no negócio da família ou fora.

  • A transição da geração anterior

Para os fundadores é duro deixar o sonho do trabalho de uma vida.

A recomendação é que quando chegue esse momento se considere: Fazer novos planos, encontrar um novo propósito, manter a mente e o corpo saudável, trabalhar como voluntário, expandir amizades.

Metodologias baseadas na Psicologia Positiva e em Mindfulness podem melhorar não só os resultados dos negócios, mas principalmente as relações entre os integrantes da família.

O Planejamento da sucessão precisa ajudar a aprofundar os laços da família e manter vivos os valores positivos dos fundadores.